Umuarama, 23 de Julho de 2014  

Nome:
Email:
 

   

PARÓQUIA MATRIZ SÃO FRANCISCO DE ASSIS

UMUARAMA - PARANÁ.

1 a . Fase – Primórdios e desenvolvimento.

A história da presença dos Freis Capuchinhos aqui em Umuarama, tem início com a chegada dos primeiros Freis em Cruzeiro do Oeste, no ano de 1954, quando assumiram aquela Comunidade, que até então estava aos cuidados da Parquia de Peabirú, que pertencia à Prelazia de Foz do Iguaçu. Em 1949, foi celebrada a primeira missa em Cruzeiro do Oeste, dando origem a todo o trabalho evangelizador nesta região. Em 1954, foi fundada a paróquia de Cruzeiro do Oeste. Posteriormente foi criada a Diocese de Campo Mourão, (...) que assumiu o pastoreio da região. O primeiro bispo, Dom Eliseu Mendes Simões, confirmou a presença dos Freis Capuchinhos naquela paróquia, em 1954.

Cruzeiro do Oeste, foi na verdade, o grande centro de irradiação da Ação Evangelizadora de toda esta região. Os Freis Capuchinhos passaram a atender toda a região que hoje compreende a maior parte da Diocese de Umuarama.

O texto a seguir, entre aspas, é cópia fiel do Livro Tombo no. 1, página 1, da Paróquia São Francisco de Assis, então, Diocese de Campo Mourão.

“Em 1955, a Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, construía a atual capela que foi inaugurada por Frei Estevão, o qual rezou a primeira santa missa no dia 15 de Agosto. As despesas quer da capela, como da casa paroquial foram pagas por meio de festas organizadas por Frei Estevão Maria de Campo Magro, o qual deu início ao movimento religioso fundando a Congregação Mariana. Desenvolveram intenso apostolado depois de Frei Estevão, Frei Honorato; Frei Germano; Frei Norberto; Frei Eugênio e Frei Anacleto. Neste ínterim, foram fundadas: a Pia União das Filhas de Maria; o Apostolado da Oração; e a Cruzada Eucarística Infantil.

As santas missões pregadas pelos Padres Capuchinhos: Vital; Lucas e Gerônimo, em 1955 e pelos padres Fidelis Francisco e Vitório em 1959, despertaram grande movimento religioso.

Houve visita pastoral e santa crisma, administrada por Dom Manoel Koennës, SVD, DD. Prelado de Laranjeiras do Sul. Em fevereiro de 1959, veio com sagrada visita, Dom Inácio Krause, DD. Administrador Apostólico de Laranjeiras do Sul.

O lugar foi desenvolvendo rapidamente. Aumentaram as necessidades de tal modo que Dom Eliseu Mendes Simões, primeiro Bispo Diocesano da recém-criada Diocese de Campo de Mourão, houve por bem criar a Paróquia de Umuarama, entregando-a aos Padres Capuchinhos, aos quais deu por aceito, licença de construir uma Domus Ordinis.

O ato oficial de Ereção da nova Paróquia de Umuarama, destacada da antiga Paróquia de Cruzeiro do Oeste, se realizou no dia 21 de janeiro de 1961, às 14:30h.

Neste dia, Sua Excia. O Rvmo. Bispo, chegou em Umuarama de Avião. Recebido pelo povo e pelas Irmandades, mandou ler o Decreto que marcava os limites da nova Paróquia. Estavam presentes: O Vigário de Cruzeiro do Oeste, Frei Gaspar; o coadjutor Frei Anacleto; Pe. José Stefanello, de Iporã; Pe. Marcos; duas Irmãs Paulinas e duas Irmãs Filhas do Imaculado Coração de Maria, que aceitaram de abrir um Colégio em Umuarama, pelos meados de março próximo.

Depois da palavra ardente de Sua Excia. Rvma. Dom Eliseu, que apresentava as felicitações à cidade de Umuarama e convidava o povo todo a cooperar nas obras paroquiais, em modo particular para a construção dum Santuário de São Francisco de Assis, foi cantado o Te Deum Laudamos.

O Sr. Bispo, teve uma palavra de agradecimento para a Companhia Melhoramentos e um sentido louvor para os destemidos desbravadores Padres Capuchinhos, que souberam acompanhar o progresso material, com o progresso espiritual. Frei Gaspar ficou designado a Vigário Interino, até a chegada do primeiro Vigário, na pessoa de Frei Cassiano de Colombo, Capuchinho”. (Livro Tombo no. 1, pág 1)

No Livro Tombo da Paróquia de Cruzeiro do Oeste, na página 21, encontramos o seguinte: “ bem lindo e consolador foi o número das comunhões nas capelas: Lovat, 250 comunhões; Umuarama, 170 ; Iporã, 390; Cafezal, 80; Fugivara, 155; Xambrê, 49 primeiras comunhões e mais 135; Icaraíma, 120; Porto Camargo, 5; Maria Helena 480; Mariluz, 120; Santa Cruz, 170; Cafeeiras, 25”. Estes dados referem-se a uma Visita Pastoral do Sr. Bispo Dom Manoel Koenner, bispo prelado de Laranjeiras do Sul, entre os dias 28 de julho a 17 de agosto de 1956. Nota-se aí, que Umuarama era uma pequena capela, pois o número de comunhões foi de apenas 170, quando Iporã foi de 390.

Carta Pastoral e pedido.

Ao finalizar esta Visita Pastoral, o Sr. Bispo Dom Manoel Koenner, redige uma Carta ao Vigário Provincial, onde em certa parte, insiste na necessidade de enviar mais um Frei para a Paróquia de Cruzeiro do Oeste, mas que ficasse 3 semanas em Umuarama e uma em Cruzeiro: “... peço mais um Capuchinho para Umuarama 46 kms. Distante centro venturoso de umas 15.000 almas... não se trata portanto de nova freguesia propriamente dicta, mas de nova residência na mesma. Sendo possível outro Padre nas mesmas condições em Iporã, 103 kms. Distante; centro de outras 15.000 almas, extender-se até o “rio Piquiri” perto de Guaira. Para dar mais serviço ao sr. Capelão que reside em Cruzeiro, acrescentaria a esta freguesia, Tuneiras e Tapejara, mais perto de Cruzeiro do que de Araruna, entregues ao SVD.”

Congregados Marianos.

No mesmo Livro Tombo da Paróquia de Cruzeiro do Oeste, na página 25, lemos: “...no dia 06 de outubro de 1957, houve grande festa na vizinha cidade de Umuarama, em honra a São Francisco de Assis, que é o padroeiro do lugar. A nota de destaque foi a grande concentração Mariana em desfile pela cidade. Apresentaram-se mais de 300 Congregados, vindos de todas as cidades vizinhas”.

Na página 26, do mesmo livro, lemos: Dia 08 de dezembro de 1957, festa da Imaculada Conceição. Cruzeiro do Oeste se engalanou para receber a visita de todos os Congregados Marianos das diversas capelas, realizando assim a primeira grande concentração Mariana Paroquial. Resumidamente fica aqui o programa do dia: Pela manhã às 07:30hs houve a Santa Missa com a comunhão geral de todas as associações e demais fiéis. Às 10:00hs chegada dos Marianos de Cafeeiras, Lovat, Umuarama , São Silvestre, Tapejara e Tuneiras.

Novamente aparece Umuarama como uma capela a mais, que pertencia à Paróquia de Cruzeiro do Oeste.

No dia 16 de dezembro de 1957, Frei Estevão, foi transferido para Maringá. Ele, que havia celebrado a primeira Missa em Umuarama, no ano de 1955.(Tombo de Cruzeiro, pág. 27)

No dia 02 de janeiro de 1959, chegava Frei Germano Barizon, escalado para trabalhar no setor de Umuarama. (Tombo de Cruzeiro, pág. 33b)

Visita Pastoral.

Em carta datada de 08 de março de 1959, Dom Inácio Krause, C.M., Administrador Apostólico da Prelazia de Foz do Iguaçu, relata: “... começamos a visita pastoral desta paróquia de Cruzeiro do Oeste, no dia 14 de fevereiro. Visitamos a Matriz e as seguintes capelas: Tuneiras, Tapejara, Lovat, Alto Piquiri, Saltinho, Umuarama , Icaraima, Serra dos Dourados, Xambrê, Pérola, Maria Helena, São Silvestre, Mariluz, Tapinacui, Cafeeiras, Bairro N.S. Aparecida e Água dos Andrades”. (Tombo de Cruzeiro, pág. 35)

Percebe-se neste relato a enorme extensão da Paróquia de Cruzeiro do Oeste, neste ano de 1959.

Em 1959, houve Semana Santa completa na Matriz de Cruzeiro do Oeste e em Umuarama. “... o movimento e o fervor do povo e das irmandades tende a aumentar em todos os lugares...” (Tombo de Cruzeiro, pág. 35,b)

Nos meses de junho a outubro de 1959, Frei Germano viajou para a Itália: “... durante a sua ausência ficamos em dois Padres só, e o apuro foi grande, cansado pelo aumento da população...” (Tombo de Cruzeiro, pág. 37).

Nota-se aqui um dado importante: o aumento da população na região.

No fim de novembro e no começo de dezembro de 1959, foram feitas as Santas Missões em Umuarama, 3 Padres, em Icaraíma 3 Padres e na Matriz 6 Padres. (Tombo de Cruzeiro, pág. 37). Em Umuarama, somente 3 Padres, o mesmo número que Icaraíma. Nota-se que ainda a cidade está em fase de crescimento e isto reflete-se na atividade religiosa e na evangelização.

“Umuarama toma o vulto duma grande cidade. Frei Eugênio compra o Jeep e Frei Anacleto compra o motor (luz) e aumenta a casa paroquial”. (Tombo de Cruzeiro, pág. 39).

No mesmo relatório, aparece uma nota sobre um falso padre, que andou por Umuarama e região. Um tal padre Marcos.

2 a . fase – Instalação Oficial da Paróquia São Francisco de Assis

Decreto de Criação da Paróquia.

(Livro Tombo no. 1, pág 2)

No dia 16 de janeiro de 1961, foi lavrado o Decreto de Criação da Paróquia de Umuarama. Neste Decreto, encontramos registrados os limites geográficos da nova Paróquia, que constam dos seguintes dados: ...”A oeste limita-se pelo rio Paraná, começando no Porto Byington e margeia o rio Paraná acima até alcançar o rio Ivaí. Este forma o limite norte da Paróquia, até o Porto Castelo. Daí parte pela estrada incluindo Ivaté, em sentido suleste até encontrar a encruzilhada Três Placas. Continua ladeando o riacho Água Fria, até a estrada Jaboticabal. Deixando esta, desce em linha reta rumo ao sul, pelas glebas 12 e 14, até o rio Goio-Erê, assim perfazendo o limite leste. Continua descendo pelo rio Goio-Erê, até sua embocadura com o rio Piquiri. Continua o roteiro pelo rio Piquiri abaixo até dar com a linha seca Jangada; encontrando o extremo desta, quebrando ainda até o marco 45, desce pelo rio Xambrê, ao sul das glebas 2 e 9, continua em linha reta até o rio Iporã, excluindo o patrimônio São João, fechando o circuito perimetral com limite sul, que termina no porto Byington, donde partimos”. Pe. Valdécio redigiu esta ata. (Livro Tombo no. 1, pág 2)

Observando dados de hoje, diríamos que a Paróquia Matriz São Francisco de Assis, no ato de sua Criação, em 1961, abrangia os atuais municípios e paróquias e comunidades: Altonia; São Jorge do Patrocínio; Esperança Nova; Alto Paraíso; Icaraíma; Ivaté; Santa Elisa; Xambrê; Pérola; Alto Piquiri; Perobal; Serra dos Dourados; Carbonera; Douradina; e a cidade de Umuarama, que conta hoje com oito paróquias. No total são 20 paróquias localizadas na mesma abrangência geográfica.

Na época de sua Criação, a região comportava ........ habitantes. Era uma época de descobertas e abertura de estradas e loteamentos. Foi lançado o desafio do Café, como cultura e motor do desenvolvimento regional. Na região, a cidade de Cruzeiro do Oeste, despontava como o “Eldorado” do norte. A Companhia de Melhoramentos, estava com os traçados definidos para toda a região, organizando e vendendo terras num ritmo acelerado. O processo de Evangelização da região ficou ao encargo dos Freis Franciscanos Capuchinhos da então Custódia (hoje Província) do Paraná e Santa Catarina, com sede em Curitiba, aos quais foi confiado o atendimento religioso da Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Cruzeiro do Oeste, que havia sido criada pouco tempo antes, em maio de 1954, já contava com a presença dos Freis Capuchinhos. Sendo que a Paróquia de Cruzeiro do Oeste, atendia o seu atual território e também toda a área de desmembramento que daria origem à Paróquia Matriz São Francisco de Assis de Umuarama. Importante observar a rapidez entre a criação da Paróquia de Cruzeiro do Oeste e Umuarama, nem sete anos.

Primeiro Pároco

A posse do primeiro Pároco, ocorreu no dia 19 de fevereiro de 1961, às 10:00h. Foi nomeado por provisão canônica do Bispo de Campo Mourão, Dom Eliseu Mendes Simões, o Frei Cassiano Maria de Colombo, OFMCap, mais conhecido como Frei Orlando Busatto.

Irmãs.

No dia 22 de março de 1961, chegaram provenientes de Porto Alegre, 4 Irmãs da Congregação do Imaculado Coração de Maria. No dia 10 de abril, tiveram início as aulas no Educandário São José, com 300 crianças matriculadas. Em novembro teve inicio a construção do prédio para o Colégio São José, e em Abril de 1962, o prédio já estava concluído com capacidade para 1.000 alunos externos e 100 internos. Observe-se também neste caso, como tudo aconteceu com muita rapidez, dando assim uma clara demonstração de como tudo se desenvolvia com enorme velocidade.

Primeiras Crismas na nova Paróquia, no ao de 1961.

08 de junho, em Perobal, foram feitas 604 crismas.

09 de junho, em Xambê, foram feitas 406 crismas.

11,12 e13 de junho, em Umuarama, foram feitas 1.260 crismas.

14 e 15 de junho, em Icaraíma, foram feitas 393 crismas.

16 de junho, em Alto Piquiri, foram feitas 511 crismas.

01 de setembro, em Serra dos Dourados, foram feitas 331 crismas.

02 de setembro, em Douradina, foram feitas 226 crismas.

03 de setembro, em Umuarama, foram feitas 317 crismas.

04 de setembro, em Pérola do Oeste, foram feitas 557 crismas.

Totalizando assim, 4.615 crismas. Todas foram administradas pelo Bispo Diocesano de Campo Mourão, Dom Eliseu Mendes Simões.(Livro Tombo no. 1, pág 3).

Aqui se percebe que na época não havia a atual preocupação quanto a preparação para o Crisma. Porém, é evidente a explosão demográfica presente na região.

Bispo Visita Umuarama.

“No dia 21 de janeiro de 1962, Dom Eliseu Mendes Simões, visitou Umuarama, com a intenção de escolher e reservar duas quadras de terra no novo loteamento: Uma para a futura Catedral e outra para a Sede Episcopal”. (Livro Tombo no. 1, pág 4).

Neste gesto observa-se a rapidez com que tudo está acontecendo na cidade. Com apenas um ano de instalação da Paróquia São Francisco de Assis, já surge a expectativa de Criação de uma Diocese para Umuarama!.

3 a . fase – expansão habitacional e evangelizadora

Esta é uma fase bem mais conhecida, onde a cidade e a região, tiveram uma enorme expansão tanto habitacional, como econômica, com o ciclo do café instalando-se na região. Umuarama tornou-se pólo regional e obteve rápido desenvolvimento até nossos dias. Os Freis Capuchinhos acompanharam este desenvolvimento e no decorrer dos anos foram organizando novas comunidades que depois se tornaram novas Paróquias, onde podemos citar estes fatos com outras realizações importantes:

. 21 de janeiro de 1962, visita do Bispo de Campo Mourão, Dom Elizeu Simões Mendes, para escolher duas quadras para a futura Catedral e Palácio Episcopal.

. O Educandário São José, foi iniciado em novembro de 1961 e concluído em abril de 1962. Foi entregue aos cuidados das Irmãs do Imaculado Coração de Maria.

. Missões: de 08 de novembro a 02 de dezembro de 1962, foram pregadas Missões pelos Padres Passionistas, onde visitaram as capelas da Paróquia.

. no dia 12 de janeiro de 1963, foram adiministradas 1.000 crismas na Paróquia, pelo Bispo Dom Elizeu Simões Mendes.

. Neste mesmo dia, 12 de janeiro de 1963, foi lançada a pedra fundamental da construção da Nova Igreja Matriz São Francisco de Assis.

. Ainda, dos dias 28 de maio a 10 de junho de 1963, outras crismas: Em Xambrê, 553; em Pérola, 1007; na capela São João, 319; em Altónia, 360; em Icaraíma, 870; em Vila Rica, 126; em Alto Café, 126; em Serra Dourada, 420; em Ivaté, 460 e em Douradina, 410 crismas. Estes dados, atestam a velocidade do desenvolvimento da região.

. A construção teve inicio no dia 29 de maio de 1963, que contou com 295 estacas de 14 e 12 metros de profundidade. O Engenheiro responsável foi o Dr. Paulo Augusto Wendler; o estaqueamento foi de responsabilidade do Dr. Onaldo de Carvalho e a construção foi confiada ao Sr. José Gonçalves.

Novas Paróquias desmembradas, totalmente ou em parte, da Matriz São Francisco de Assis, de Umuarama.

  1. No dia 03 de abril de 1963, foi criada a Paróquia de Alto Piquiri. Assumiu como pároco, o Pe. Ivo Pouliquem, e os limites os mesmos do município.
  2. No dia 11 de agosto de 1963, foi criada a Paróquia de Pérola. Assumiu como pároco o Pe. Armando Pilippe.
  3. No dia 11 de agosto de 1963, foi criada a Paróquia de Icaraíma e assumiu como pároco, o Pe. André Goutrean.
  4. No dia 12 de abril de 1970, a capela de Xambrê foi elevada a Paróquia e assumiu como pároco, o Pe. Adelino Effting.
  5. No dia 10 de agosto de 1975, foi criada a Paróquia de Santa Eliza. Pe. Luis Dotto.
  6. No dia 27 de outubro de 1975, foi criada a Parroquia São José Operário
  7. No dia 23 de novembro de 1975, foi criada a Paróquia de Vila Alta e assumiu como Pároco o Pe. José Dantas.
  8. No dia 07 de setembro de 1981, foi criada a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, bairro Jardim Panorama, sendo Pároco o Pe. Audinei.

Obs: Estas novas Paróquias, por sua vez, foram cedendo lugar a outras novas Paróquias, de tal modo que, hoje podemos concluir que na área inicial da Paróquia São Francisco de Assis, temos ao todo um conjunto de 20 Paróquias. Sendo 8 na cidade de Umuarama e 12 na região.

Ordenações Sacerdotais.

. O primeiro sacerdote ordenado na Diocese, foi o Frei Fausto N. Schimdt no dia 12/12/1971.

. No dia 27 de dezembro de 1975, foi ordenado sacerdote o estudante Antonio Firmino de Paiva.

. Pe. Wilson Galiani; Frei Jandir Zanquetin; Frei Rivaldo Vieira

Organização Pastoral

. No dia 24 de maio de 1963, foi fundada a Legião de Maria.

. Com o impulso do Concilio Vaticano II, a Paróquia começou a desenvolver diversas atividades, entre elas a principal, que foi a implantação das CEBs. Além disso, surgiram outros grupos, tais como o Clube dos Jovens em 04 de outubro de 1967 e os Vicentinos em 22 de junho de l967.

. Começaram os cursos de preparação para o matrimonio; os cursos bíblicos; a formação de catequistas e a preparação dos primeiros Ministros da Eucaristia. Era grande também a preocupação com a cultura, por isso, surgiram cursos de alfabetização de adultos.

Ocorrências - imprevistos

. Assaltos: Encontramos pelo menos dois registros de assaltos na Igreja, sendo que em um deles foi levado o sacrário.

. No dia 16 de maio de 1980, o fogo destruiu a Capela de Lovat.

. Queda do telhado da Matriz.

. Na noite do dia 26 de dezembro de 1981, após forte chuva, veio abaixo o telhado da Igreja Matriz. Porém, no período da reconstrução, no dia 14 de maio de 1982, um forte vento derrubou parte da nova estrutura que estava sendo colocada. Caíram 6 das 8 tesouras novas de metal. . A violência das enchentes de 1983, além de prejudicar os ILHÉUS, também atingiu os Freis, pois foi destruída a casa de repouso na Ilha Grande.

. A violência das enchentes de 1983, além de prejudicar os ILHÉUS, também atingiu os Freis, pois foi destruída a casa de repouso na Ilha Grande.

Curiosidade: Na SAPATA do meridiano leste da Igreja Matriz São Francisco de Assis, encontra-se o MARCO GEODÉSICO da cidade de Umuarama.

Missões Populares mais destacadas nestes 50 anos.

. 1955 – Freis Capuchinhos

. 1959 – Freis Capuchinhos

. 1962 - Padres Passionistas

. 1967 – Freis Capuchinhos

. 1968 – Freis Capuchinhos

. 1977 – Freis Capuchinhos

Visitas

. Governadores Jaime Canet Junior; Paulo Pimentel.

. Núncio Apostólico, Dom Carmine Rocco no dia 13 de maio de 1975.

. Muitas vezes a Paróquia recebeu a visita do Bispo de Campo Mourão, Dom Eliseu Simões Mendes.

. Visitou oficialmente a Paróquia e os Freis, o Definidor Geral, Frei José Carlos Corrêa Pedroso.

. Em peregrinação visitou a Paróquia o Pe. Vitor Coelho de Almeida, com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida.

. Em trabalho pastoral, a Paroquia recebeu muitas vezes a visita do Ministro Provincial dos Freis Capuchinhos.

Radio . 1969, na radio Cultura, iniciou o programa “dialogando nossa fé”. Não existe mais.

? , na radio Inconfidência, iniciou o programa “momento franciscano”, até hoje no ar, todos os dias de segunda a sexta às 18:00h.

. A atual Casa Paroquial teve sua construção iniciada no dia 01 de junho de 1972 e concluída no dia 07 de setembro de 1973.

Criação da Diocese:

Em julho de 1968, foram realizadas na Matriz São Francisco de Assis, as primeiras reuniões com o objetivo de organizar a nova Diocese. No dia 04 de outubro de 1968, foi lançada a pedra fundamental da futura Diocese, dia da Inauguração da Nova Igreja Matriz São Francisco de Assis. Em Outubro de 1973, iniciaram as obras da construção da Casa Episcopal. A 20 de junho de l973 foi criada a Diocese de Umuarama, pelo Papa Paulo VI. No dia 16 de setembro de 1973, em missa solene celebrada na Igreja Matriz São Francisco de Assis, tomou posse o primeiro bispo diocesano, Dom José Maria Maimone, na presença de 20.000 pessoas.

A Catedral do Divino Espírito Santo teve sua pedra fundamental lançada no dia 19 de setembro de 1973.

Geada: Em 1975 uma forte geada castigou a região, queimando a lavoura de café, motor econômico da época. Os freis e toda a comunidade se ressentiram deste fato, pois significou grande perda econômica e desânimo generalizado. A flor nos cafezais só retornou em 1980, cinco anos depois.

Com a preocupação de formar melhor as pessoas no aspecto religioso, os Freis Fundaram a Livraria Santo Antonio, ligada ao IPAS, no dia 06 de abril de 1978.

Para celebrar os 800 anos do nascimento de São Francisco de Assis, Padroeiro da cidade e da Paróquia, a comunidade ergueu um belo monumento na praça em frente à Igreja, que foi inaugurado no dia 26 de junho de l980.

Vigário Geral da Diocese de Umuarama: Frei Orlando Busato foi nomeado Vigário Geral da Diocese no dia de 25 de setembro de 1973. Frei Clemente Vendramim, também assumiu esta função de Vigário Geral da Diocese de 15 de janeiro a 06 de fevereiro de 1983.

Cidadania Honorária: Frei Orlando Busato recebeu este titulo no dia 21 de abril de 1978. Frei Clemente Vendramim, recebeu este mesmo título no dia.

Salão Santa Clara: Foi iniciado pelo Pároco Frei Daniel Heinzen e concluído pelo Pároco Frei Justino Stolf. É um moderno complexo pastoral com seis salas para reuniões, um anfiteatro com 250 poltronas universitárias; uma sala para a coordenação de pastoral; uma sala para a Farmácia da Partilha e no primeiro piso o salão de festas e eventos para 1.000 pessoas. O salão é usado pela Paróquia, pela Diocese e outras entidades da cidade.

Ao lado do salão Santa Clara, foi construído um mini shoping com 16 salas comerciais, todas alugadas, com o fim de ajudar nas despesas da Paróquia.

Lista dos Párocos:

  1. Frei Orlando Busato
  2. Frei Honorato de Tiene
  3. Frei Honório Ferrandin
  4. Frei Orlando Busato (2a. vez)
  5. Frei Clemente Vendramim
  6. Frei Daniel Heinzen
  7. Frei Justino Stolf
  8. Frei Davi Nogueira Barbosa

Atuais Capelas/Comunidades atendidas pelos Freis da Paróquia São Francisco de Assis.

  1. Área rural: Lovat; São Sebastião do Cedro; Corimbatá; Vila Rural São Carlos; Porta do Céu; Santa Lídia; Santa Luzia; Jurupoca; 3 Placas; Vista Alegre; Alto Alegre; Quintino Bocaiúva; Jaborandi.
  2. Área urbana: Jaboticabeiras; Alto São Francisco; Córrego Longe; Jardim Cruzeiro e a Matriz São Francisco.

Construções de Capelas: Foram construídas com recursos do dizimo, as capelas da comunidade São Sebastião do Cedro; Jurupoca, Jaborandi, Alto Alegre, Alto São Francisco e Córrego Longe em construção. Foram reformadas as capelas do Jardim Cruzeiro, Jaboticabeiras, Lovat.

 
 
SMP
ESPAÇO JOVEM
SIMBOLOS FRANCISCANOS
CONTATO
Copyright © Paróquia São Francisco de Assis / Diocese de Umuarama - PR - Todos os Direitos Reservados
Rua Cambé, 4240, 87502-160, Umuarama, Paraná - (44) 3622-6595